quarta-feira, 25 de agosto de 2010

Aromaterapia para mulheres

Imagem: mckenna71's/Stock Photos

Que ser mulher não é fácil, isto já se sabe há muito tempo! Mas parece que se exigiu tanto de nossa raça feminina, que acabamos por endurecer um pouco! “Hay que endurecer, pero sin perder la ternura jamás”, já não dizia Che Guevara? Perdemos a ternura! E agora? O que fazemos para recuperá-la? Sim, sim, é preciso que resgatemos nosso lado feminino, nosso lado “flor” para que os jardins continuem a florescer, a atrair abelhas, a gerar novas vidas!

E, por falar em flor, que rima com cor, que rima com amor... quer melhor representante do sexo feminino na natureza do que a flor? Cheirosas e coloridas, as flores devem ser atraentes para que as abelhas as polinizem e perpetuem suas espécies. Conosco, seres humanos, deve ser a mesma coisa: mulheres precisam ser femininas, coloridas e cheirosas de forma a chamar a atenção de nossos machos para que possamos perpetuar a nossa espécie. Entretanto, muitas mulheres estão se esquecendo, deixando o lado flor de lado e adotando um comportamento masculinizado, tanto no jeito de se vestir (terninhos, calças, camisas...) quanto no de se perfumar (perfumes masculinos) e até de falar (grosso, dando ordens, sem nenhuma sutileza). Por seu lado, os homens estão ficando acuados ou muitas vezes até se acostumando a não ter que ser firmes ou tomar as decisões.

Com alguns óleos essenciais, conseguimos nos equilibrar e nos suavizar. O óleo de gerânio é equilibrador em todos os sentidos, fisicamente e emocionalmente. Fortalece nossa energia Yin, que na medicina chinesa é a energia feminina, que recebe, que é passiva, introvertida, fria, escura e úmida, fechada. O contrário da energia yang, que é a energia masculina, que se expande, é ativa, estimulante, quente, clara e seca, aberta. O gerânio é muito feminino, até na questão estética, sendo muito usado para drenagem linfática, combate à celulite e à TPM.

O óleo essencial de rosa é muito parecido em diversos aspectos com o de gerânio, por ser equilibrador e fortalecedor da energia yin. A rosa é a rainha das flores e, assim, ultra feminina - e nos faz sentir desta forma, plenas e poderosas, mas ainda assim, mulheres: cheias de auto-confiança e auto-estima, tanto que essa flor era sagrada para Afrodite, deusa grega do amor, beleza e fertilidade!

Já o óleo de ylang-ylang, tão conhecido por seu poder afrodisíaco, consegue também acalmar o coração, a respiração e a mente, ao mesmo tempo em que inspira para uma sensualidade tranqüila, sem medo nem ansiedade, possibilitando à mulher seduzir seu companheiro como a pequena flor amarela oriental que o ylang-ylang é, fazendo jus ao seu significado – Flor das Flores. Com seu aroma exótico e voluptuoso, o ylang-ylang ao mesmo tempo acalma e provoca, como toda mulher deve fazer!

Há outros óleos que, mesmo não sendo de flores, ajudarão a fortalecer a energia feminina - como o cipreste, que ajuda a nos centrar e conter os excessos, e a palmarosa, que tranqüiliza e dá segurança.

Ser mulher também significa isto, usar o poder da Natureza para cuidar de todos à sua volta, com sabedoria e feminilidade, propiciando sempre um ambiente harmonioso e leve, saudável e confortável, como nos tempos antigos, mostrando sua verdadeira e delicada força.

Receita da semana:
Óleo Bifásico Pós-Banho para ativar o lado feminino

90 ml de Hidrolato de Rosas Bio Essência
30 ml de Óleo vegetal de Maracujá Bio Essência
4 gotas de óleo essencial de Ylang Ylang Bio Essência
4 gotas de óleo essencial de Gerânio Bio Essência
7 gotas de óleo essencial de Palmarosa Bio Essência

Misturar os óleos essenciais no óleo de maracujá e depois acrescentar o hidrolato. Colocar numa embalagem spray. Agitar bem antes de borrifar sobre o corpo ainda úmido após o banho!

Beatriz Yoshimura, 06/07/2010, coluna escrita para a Nextel.

Um comentário:

Estefânia disse...

Nossa, amei as dicas.....muito show!!!!!!!